Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > InforMMA > Mais Notícias > Brasil reforça integração com América Latina
Início do conteúdo da página

Notícias

Brasil reforça integração com América Latina

Medidas serão debatidas na 21ª Reunião do Fórum de Ministros do Meio Ambiente da região, que ocorre em Buenos Aires, de 9 a 12 de outubro.
Publicado: Terça, 09 Outubro 2018 15:59 Última modificação: Quinta, 11 Outubro 2018 18:14 Autor: Alethea Brito Muniz
Crédito: Divulgação/ Governo da Argentina Abertura da 21ª Reunião do Fórum de Ministros do Meio Ambiente da América Latina e Caribe, que segue até sexta-feira (12) Abertura da 21ª Reunião do Fórum de Ministros do Meio Ambiente da América Latina e Caribe, que segue até sexta-feira (12)
Brasília – O governo brasileiro e os demais países da América Latina e Caribe definirão, a partir desta terça-feira (9), medidas e soluções em áreas como combate à poluição, mudança do clima e uso sustentável dos recursos naturais. As medidas serão debatidas na 21ª Reunião do Fórum de Ministros do Meio Ambiente da região, que terá a participação do ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte.

Sob a presidência da Argentina, o evento ocorre até sexta-feira (12), em Buenos Aires. “Esse fórum propicia o aprofundamento do alinhamento regional da agenda ambiental. Valorizo oportunidades como essa para dialogar, com meus homólogos, sobre os desafios ambientais regionais e estabelecermos metas conjuntas em prol do desenvolvimento sustentável”, afirma Edson Duarte.

Além do segmento ministerial do evento, Edson Duarte participará do diálogo Soluções inovadoras para desintoxicar nosso meio ambiente. No painel, que ocorrerá nesta quinta-feira (11), das 11h30 às 13h, o ministro debaterá a atuação brasileira em temas como a agenda de produtos químicos após 2020 e a questão do lixo marinho, com foco na qualidade da água.
 
Edson Duarte também participará de encontros bilaterais com países como Chile e Argentina. Na reunião com o secretário de Governo de Ambiente e Desenvolvimento sustentável da Argentina, rabino Sergio Bergman, está prevista a assinatura de memorando de entendimentos entre os dois países para cooperação na gestão ambientalmente adequada de substâncias químicas. O acordo será firmado nesta quinta-feira (11), às 8h30.
 
A coordenadora-geral de Qualidade Ambiental e Gestão de Resíduos, Letícia Reis, também participa do Fórum. Atualmente, ela representa a presidência brasileira do Comitê Diretivo da Rede Intergovernamental sobre Químicos e Resíduos para a América Latina e Caribe, criada em 2016 para promover a cooperação entre os países da região nessa agenda.

O Plano de Ação e a Estratégia de Mobilização de Recursos feitos pela Rede foram apresentados por Letícia no segmento de alto nível do Fórum na terça-feira (09). Participaram dessa reunião representantes de 28 países da região, da ONU Meio Ambiente e da sociedade civil. No encontro, os participantes reiteraram o apoio ao desenvolvimento da estratégia desenvolvida pela Rede.
 
Uma mesa redonda sobre construções sustentáveis terá a participação da secretária de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental do MMA, Rejane Pieratti. O debate será organizado pela Global Alliance for Buildings and Construction, uma iniciativa que congrega 25 países e 75 organizações não governamentais com foco em fortalecer a ambição na agenda climática.

CONTRIBUIÇÕES

Com representantes de 30 países, o Fórum de Ministros também organizará as contribuições regionais para a quarta reunião da Assembleia das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEA), que será realizada em março de 2019, em Nairóbi, Quênia. A Assembleia é a mais alta instância de tomada de decisões e reúne a comunidade internacional para buscar soluções na área ambiental.

Organizadora do evento em parceria com o governo argentino, a ONU Meio Ambiente divulgará, ainda, o relatório “Perspectiva sobre a Gestão de Resíduos na América Latina e Caribe”. O documento mostra a situação dos resíduos na região e os desafios encontrados pelos países para aumentar a eficiência dos recursos, além de preparar o caminho para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).
 
 
 
Por: Lucas Tolentino, com informações da ONU Meio Ambiente

Assessoria de Comunicação Social (Ascom/MMA)
(61) 2028-1227/ 1311/ 1437
//Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo./">Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Ler 555 vezes Última modificação emQuinta, 11 Outubro 2018 18:14
Fim do conteúdo da página